Doria nos prometeu dez Delegacias da Mulher 24h funcionando em SP até final de março. Até o momento, ele implementou a primeira em Sorocaba e a segunda em Campinas. Vamos continuar em cima dele para que ele cumpra a promessa!

A contagem regressiva começou, Doria!

Quem você vai pressionar (2 alvos)

0
pressionaram João Doria a instalar 10 delegacias até o final de março

AGORA É CONTAGEM REGRESSIVA!
João Doria se comprometeu a inaugurar dez Delegacias de Atendimento à Mulher (DEAMs) com funcionamento 24h até o fim de março em São Paulo.
Sabemos que o Carnaval é o período onde o número de denúncias sobe consideravelmente, então este é o momento ideal para pressionar o governador a cumprir a promessa. Em janeiro, enviamos quase 30 mil emails pedindo um plano de implementação das DEAMs com horário ampliado - e ele respondeu. A delegacia de Sorocaba já foi inaugurada, agora faltam as outras nove!
Além do Carnaval, março também é o mês das mulheres e o número de feminicídios no estado de São Paulo subiu 26,6% em 2018, segundo a Secretaria de Segurança Pública. 96% das vítimas não tinham registrado boletim de ocorrência e nem contavam com medida protetiva para manter os ex-companheiros afastados. Por isso é fundamental que as dez delegacias prometidas por João Doria sejam inauguradas até o final de março e com atendimento humanizado!
A violência não tem hora pra acontecer. Sem delegacia especializada, não há proteção. Precisamos de unidades 24h com profissionais capacitados para atender mulheres que sofrem violência. Envie agora sua mensagem!
No estado de São Paulo, somente 133 delegacias possuem atendimento especial para atender uma população de mais de 22.500.000 mulheres. Apenas uma dessas delegacias funciona 24 horas e nos fins de semana.
Entre 2006 e 2016, quase 7 mil mulheres foram vítimas de feminicídio só no Estado de São Paulo (Fonte: Ipea- Atlas da Violência 2018). A cada 24 horas, 12 mulheres são assassinadas e 43.200 são vítimas de violência física ou verbal no Brasil. (Fontes: Fórum Brasileiro de Segurança Pública, 2017 e Relógios da Violência - Instituto Maria da Penha).
Quanto mais rápido a mulher que sofreu violência realizar o pedido de medida protetiva ou fazer o boletim de ocorrência na delegacia, maiores chances de assegurar sua integridade física e psicológica. A agilidade também contribui na recuperação do trauma vivido pela mulher.
Neste carnaval, estaremos presentes nas ruas de São Paulo, em parceria com #NãoÉNão #CarnavalSemAssédio, para distribuir tatuagens e adesivos pedindo Delegacias da Mulher 24h já! Veja os locais de distribuição:
Além disso, contaremos com o Ônibus Lilás, uma unidade móvel disponibilizada pela prefeitura, com profissionais capacitadas para prestar acolhimento a mulheres que sofrerem algum tipo de assédio ou violência durante o Carnaval.
Nos dias 02/3 e 03/3 o ônibus estará na Praça da República. Nos dias 04/03 e 05/03 na Avenida Tiradentes.
Beta
Mapa do Acolhimento
Minha Sampa
Por que entramos nessa?
Somos um conjunto de organizações que defendem e atuam em defesa dos direitos das mulheres há alguns anos. Em 2016, a Minha Sampa mobilizou milhares de paulistanos/as para garantir que São Paulo tivesse sua primeira Delegacia de Atendimento à Mulher 24h. Também em 2016 foi lançado o Mapa do Acolhimento: uma rede que conecta mulheres que sofreram violência a terapeutas e advogadas voluntárias. Finalmente, em 2017, foi lançada a Beta: a primeira chatbot feminista do Facebook, que mobiliza mulheres por seus direitos sem que elas precisem sair do Messenger. Em 2019, nos unimos para garantir mais esse direito às mulheres: atendimento especializado 24h por dia, 7 dias por semana, em todo estado de São Paulo. Juntas somos mais fortes!